Quinta-feira, 24 de Março de 2011

POEMA DE IBN 'AMAR



“Perdoa e ganhará o amor
Um outro realce, outra beleza.
É que se punires será o rancor
A tomar mais evidência e mais clareza.
(…)
Perdoa! O que partilhámos me redime.
Nos espaços perfumados de Allah
Apaga os vestígios do meu crime!
Venha da clemência o teu soprar
E tudo enfim desaparecerá.
(…)
Que, se eu morrer, fique contigo
Uma réstia de consolação.
Morrerei mas levarei comigo
A violência toda da minha afeição.

Poema escrito por Ibn ‘Amar

♥ ENTRETENIMENTO

<

♥ O POETA QUE MAIS AMO

♥ MEU CANAL

♥ pesquisar

 

♥ Posts recentes

ATENÇÃO

A DOR E OS ESTADOS UNIDOS...

SOBERBA E SOBERANIA

MINHA MENSAGEM DE ANO NOV...

GOSTO DE...

POEMA DE IBN 'AMAR

FALANDO DO QUE NINGUÉM GO...

NÃO DÊ SOCOS EM PONTA DE ...

DEFINIÇÕES

DA DÁDIVA

MUDANÇA

ENIGMA - EU AMO ESSA BAND...

É ERRADO...

EU GOSTO DE AMIGOS ASSIM

SHAKESPEARE

ESTÁ FEITO

ESTÁ FEITO

AS PODAS SÃO NECESSÁRIAS

PRAZO DE VALIDADE

ISIS

♥ Arquivos

Dezembro 2011

Março 2011

♥ últ. comentários

AMADA VAL! VC É INDISCUTÍVEL...SUAS PALAVRAS SOAM ...

♥ mais comentados

♥ subscrever feeds